Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

22
Fev12

Correntes

Maria do Rosário Pedreira

Se houve coisa bonita de se inventar foi este encontro literário de línguas ibéricas na Póvoa de Varzim, onde ao longo de vários dias se juntam escritores portugueses, espanhóis, latino-americanos e africanos para falarem de coisas variadíssimas em mesas-redondas e, claro, para conviverem à noite, no bar do hotel. Este ano a coisa parecia tremida com a falta de orçamento da Câmara Municipal, mas lá se resolveu com uns cortes e hoje inauguram-se mais umas Correntes d’Escritas. A sessão de abertura terá como orador D. Manuel Clemente, e Rubem Fonseca será homenageado num dos dias (ele que não vai a lado nenhum, nem dá entrevistas, não resistiu certamente ao que se diz do excelente ambiente do encontro). Eu, que desde o início tenho lá estado desde o primeiro dia, este ano só posso ir na sexta, mas tenho a certeza de que ainda irei a tempo de ouvir alguém inesquecível e de trazer de lá o testemunho. Força, Correntes!

6 comentários

Comentar post