Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

20
Mai10

A Vida Verdadeira

Maria do Rosário Pedreira

Chama-se A Vida Verdadeira e vai estar nos escaparates a partir do dia 12 de Junho com a chancela das Publicações Dom Quixote. É um romance de Vasco Luís Curado e, se não fosse importante por outras razões, para mim sê-lo-ia desde logo por se tratar do primeiro livro que edito na Leya. Mas há outras razões pelas quais vale a pena falar dele (e, claro, lê-lo). Em primeiro lugar, o autor tem uma maturidade literária rara nos dias que correm: é profundo sem nunca se tornar aborrecido, culto sem ser pretensioso, imaginativo sem delírios, inteligente sem complicações. Em segundo lugar, as suas personagens são finíssimas – nunca se tornam arquétipos e, porém, ficamos com a sensação de que as conhecemos de qualquer lado. Por fim, somos tocados pela tragédia sem sairmos magoados e pela comédia sem termos de nos rir à gargalhada. Já o li várias vezes e gosto sempre mais.

 

7 comentários

Comentar post