Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

22
Mar13

Blimunda e Eu

Maria do Rosário Pedreira

Nas últimas Correntes d’Escritas, fui convidada a dissertar sobre um verso de um dos poetas finalistas do Prémio Correntes d’Escritas-Casino da Póvoa, José Agostinho Baptista. O verso era «Desse país arranquei todos os cravos» e usei-o como ponto de partida para um texto sobre as razões cómicas e trágicas que me tornaram leitora e escritora. Muita gente que lá estava (e outros que não estavam) me tem pedido que o publique aqui no blogue, mas as Horas Extraordinárias não são o sítio indicado, quanto a mim, para postar textos assim longos e com objectivos específicos. Eis senão quando a jornalista Sara Figueiredo Costa me pede que a deixe publicar o texto na revista Blimunda, da Fundação José Saramago, num número dedicado às Correntes. Assim, ficou tudo mais fácil e limpo. Até porque a Blimunda tem muito mais que ler para além do meu texto e assim saímos todos beneficiados. O link, para os curiosos, aí vai. O download é grátis.

 

http://www.scribd.com/doc/131230713/Blimunda-N-%C2%BA-10-marco-2013

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2