Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

26
Mai11

Rasca ou à rasca?

Maria do Rosário Pedreira

Uma jovem publicitária escreveu um romance leve e divertido – mas com muita coisa para levar a sério – e extremamente oportuno se tivermos em conta que, de há uns tempos para cá, a geração a que um dia chamaram «rasca» está agora «à rasca» e, por isso, na berlinda. Despretensioso e objectivo, Os 30 – Nada é como Sonhámos, de Filipa Fonseca Silva – uma estreante nestas coisas que pertence à dita geração –, constrói uma história a partir de três personagens com vidas e ambições distintas para falar de todo um grupo de desencantados, fazendo o seu retrato nem indulgente nem implacável. O lançamento é hoje, e quem apresenta o livro é Vasco Palmeirim, da Rádio Comercial.

12 comentários

Comentar post