Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

04
Jun15

A bunch of escritores

Maria do Rosário Pedreira

Embora Portugal seja uma aldeia, não pensem que todos os escritores se conhecem, mesmo os que habitam a mesma cidade e têm idades próximas. A Figueira da Foz vai assistir hoje no seu museu, pelas 21h30, a um encontro que nunca se deu e que, provavelmente, também não se vai repetir tão cedo (ou, pelo menos, nos mesmos moldes). Para estas afamadas 5.as de Leitura, temos a bunch of escritores, e a particularidade é que todos ganharam o Prémio LeYa – são na verdade os vencedores das últimas quatro edições desse prémio: João Ricardo Pedro (com O Teu Rosto Será o Último), Nuno Camarneiro (que é figueirense e ganhou com Debaixo de Algum Céu), Gabriela Ruivo Trindade (vinda de Londres e autora de Uma Outra Voz) e ainda Afonso Reis Cabral (o mais recente galardoado com a obra O Meu Irmão). Mas não é tudo: convida e modera a conversa um finalista do mesmo prémio, António Tavares (autor de As Palavras Que Me Deverão Guiar Um Dia), que é também o vice-presidente da Câmara da Figueira da Foz. E eu também vou, claro, pois não perdia uma reunião assim por nada deste mundo. Quem foi que disse que devíamos descentralizar? Pronto, nós descentralizámos. Agora, apareçam!

5AS LEITURA  cartaz 2013 vENCEDORES leya.jpg

 

12 comentários

Comentar post