Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

24
Mar15

Cuidados intensivos

Maria do Rosário Pedreira

Esta profissão tem que se lhe diga e, como é natural, há dias em que perdemos completamente a cabeça e quase queríamos ter escolhido um ofício menos mental e mais manual (às vezes, penso que gostaria de experimentar a olaria, apesar da minha faltinha de jeito); mas, se eu acaso sofresse um certo desequilíbrio psíquico, a verdade é que teria quem me ajudasse a reposicionar-me e a recuperar os parafusos desatarraxados. É que, como recentemente uma escritora que publico me informou (eu nunca me tinha lembrado de tal coisa, mas gostei de saber), cinco dos meus autores são psicólogos… A informação foi dada por Ana Cristina Silva, uma dos tais cinco, que até é docente no ISPA e doutorada. Porém, além dela, publico as obras de Vasco Luís Curado (que é psicólogo clínico de formação – com livro novo lá para o Verão), Gabriela Ruivo Trindade (que ora não exerce, mas tem o mesmo curso), Norberto Morais (idem, idem, aspas, aspas) e ainda Nuno Amado, professor na Universidade de Évora, a propósito de cujo livro (Manual de Felicidade para Neuróticos) publiquei aqui recentemente um post (de todos, este último, pelo título do seu romance, parece o mais indicado para tratar as minhas neuroses passageiras). Estou, pois, debaixo de cuidados intensivos todo o ano sem me aperceber, com apoios à discrição para dias difíceis. Até me passam as neuras só de o saber.

6 comentários

Comentar post