Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

12
Mai15

Dançando com a diferença

Maria do Rosário Pedreira

Um colega editor da Nova Delphi, uma editora que opera no Funchal e se encarrega também de organizar anualmente o Festival Literário da Madeira, pediu-me há uns meses um poema inédito para uma antologia. Tratava-se, no fundo, de publicar uma colectânea de poesia cujas receitas revertessem para o grupo Dançando com a Diferença, um projecto de Henrique Amoedo, cujo elenco inclui, "sem balizas" pessoas com deficiência ("artistas que dançam com o corpo, sempre, e não apesar do corpo"). Pois bem, dei, evidentemente, o poema, e a antologia foi recentemente publicada com a colaboração de todos os que quiseram ajudar: Alex Gozblau fez a capa, Gonçalo M. Tavares escreveu o prefácio e cerca de 70 poetas ofereceram os seus textos por esta boa causa. Agora, o volume intitulado 70 Poemas para Adorno (Adorno é o filósofo alemão que se interrogou sobre a possibilidade de se escrever poesia depois de Auschwitz) está aí, depois do seu lançamento oficial no Festival Literário da Madeira em Março último, e precisa de que todos a comprem e leiam. Fazer o bem lendo é coisa séria e faz-nos sentir bem.

 70poemas.jpg

 

 

5 comentários

Comentar post