Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

23
Mai14

Elogio americano

Maria do Rosário Pedreira

Já se sabe que a Livraria Lello, na cidade do Porto, é considerada uma das mais belas de Portugal. Mas os livros têm outras casas dignas de respeito e há uns tempos o jornal britânico The Telegraph elegeu a biblioteca do Convento de Mafra como a mais espectacular do mundo; agora é o portal norte-americano Book Riot que diz que ela é a mais incrível biblioteca do globo. Conhece? Devia. Porque é realmente única: tem uns tons únicos, claros – o que é pouco usual nas estantes, quase sempre de madeira escura –, com o mármore da zona de Pêro Pinheiro a fazer conjunto; mas também possui um acervo estupendo, de cerca de 36 000 obras (sobretudo em francês, latim e português), tendo, segundo se diz, D. João V mandado emissários ao estrangeiro para comprar livros raros e valiosos. Alberga, por exemplo, uma edição do Corão de 1543 e uma das primeiras bíblias poliglotas europeias, só para dar dois exemplos. E, além disso, tem morcegos, que comem os insectos e assim têm ajudado a preservar os livros sem recurso a químicos. Fico contente com o reconhecimento porque sou fã incondicional desta biblioteca e já a visitei por várias vezes. Se nunca foi, atreva-se: os morcegos não fazem mal.

14 comentários

Comentar post