Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

06
Jan15

Embrulhos

Maria do Rosário Pedreira

Agora, que vimos de uma época em que muitos passaram horas a embrulhar presentes, podemos deter-nos por alguns instantes nos «embrulhos» dos livros em 2014. Não falo obviamente daqueles que oferecemos aos familiares e amigos e que, provavelmente, foram envolvidos em papel e fita da loja em que foram comprados. Falo, sim, das capas – da maneira de embrulhar cada livro de forma a torná-lo apetecível nos escaparates, concorrendo com centenas de outros, sem trair, porém, o seu conteúdo e o seu público. Descubro um artigo do New York Times sobre a matéria, uma espécie de eleição das melhores capas do ano transacto; e, embora muitos destes livros não sejam conhecidos dos portugueses nem estejam cá publicados, a verdade é que se afigura especialmente interessante a ligação entre o respectivo título e o design aplicado. Algumas destas capas são verdadeiras obras de arte. Outras terão a simplicidade que lhes convém. Numa delas, o desenho ganha tal protagonismo que são omitidos o título e o autor, como se a imagem fosse tão forte que obrigasse o potencial leitor a afastar a capa para ver de que livro se trata. Enfim, uma amostra do que se fez bem (segundo o New York Times, pelo menos) em 2014. Dêem uma espreitadela ao site, se vos interessa o assunto e gostam de coisas bonitas.

 

http://www.nytimes.com/interactive/2014/12/08/books/review/best-book-covers-2014.html?smid=fb-share&_r=0

16 comentários

Comentar post