Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

04
Nov14

Encontro a norte

Maria do Rosário Pedreira

Li algures, não há muito tempo, que o facto de as livrarias tradicionais não terem aguentado o embate da indústria do livro e de terem, por isso, desaparecido muitos livreiros autênticos, em suma, os que sabiam, mudou claramente a forma de ler em Portugal e o nível e qualidade do que é lido. Perdidos entre capas às cores, com computadores substituindo pessoas conhecedoras da matéria, como poderão os leitores escolher bem e saber o que compram? Isso vicia naturalmente quem até podia ser um excelente leitor e acaba ganhando apego a coisas sem importância. Mas é bom saber que há livreiros que resistem e que sonham algo diferente da mediania. Eles reúnem-se habitualmente todos os anos em Setúbal, naquele que é conhecido por Encontro Livreiro, para premiar quem merece e discutir o futuro com os colegas de profissão. Este ano, porém, esta reunião acontecerá também no Porto, na tarde do próximo dia 23 de Novembro, em cenário indiscutivelmente bonito: a Livraria Lello, uma das mais belas livrarias de todo o mundo. É ali que se falará de tudo o que diz respeito ao livro e à sua comercialização, em lojas ou feiras, porque, como eles dizem, «Isto não fica assim!». Se quiser participar, consulte a página do Encontro Livreiro no Facebook ou o blogue deste movimento. Leve as suas ideias, se forem boas, e ouça as dos outros, dos que sabem.

 

https://www.facebook.com/pages/Encontro-Livreiro/196721297018707

 

http://encontrolivreiro.blogspot.pt/

6 comentários

Comentar post