Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

22
Mar16

Gala

Maria do Rosário Pedreira

Desde há vários anos que a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) promove anualmente o Prémio Autores, que abrange as áreas da música, do teatro, da televisão, das artes visuais, da rádio, do cinema, da dança e, evidentemente, da literatura. Este ano, fiquei muito contente por saber que João Pinto Coelho, o grande pintor dos Extraordinários e autor do fenomenal Perguntem a Sarah Gross, está nomeado na categoria de Melhor Livro de Ficção Narrativa (espero que ganhe, claro, embora Cristina Carvalho, outra nomeada, já tenha sido finalista noutros anos e a SPA não deva ser sádica). Contenta-me ainda que um livro infantil delicioso de que aqui falei, A Cantora Deitada, de Sandro William Junqueira com ilustrações de Maria João Lima, esteja entre os finalistas na categoria de Livro Infantil, tal como A Palavra Perdida, de Inês Fonseca Santos. E, por fim, adoro que Persianas se encontre nomeado em Poesia, pois gosto muito de Miguel Manso que, além do mais, sabe ler alto poesia muito bem. Os vencedores do prémio vão ser anunciados mais logo no Teatro D. Maria II e a gala vai ser transmitida em directo na RTP2. Não percam.

11 comentários

Comentar post