Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

20
Abr17

Lembrar

Maria do Rosário Pedreira

O mundo rápido em que vivemos não favorece as memórias – e as mais das vezes, com grande injustiça, «quem não aparece esquece». De tal forma que noutro dia falei do grande músico brasileiro João Gilberto como se já estivesse morto e, claro, levei logo nas orelhas – com toda a razão. Por falar em em música, Rosa Lobato de Faria fez, como alguns se devem lembrar, dezenas de letras para canções e fados – e vai sendo recordada pelos que os cantam (e ouvem) desse modo. Mas também escreveu romances, livros infantis, crónicas e poemas e, para que não caiam no esquecimento, haverá hoje – o dia em que faria 85 anos – uma sessão para recordar a escritora, com a presença de familiares, amigos e pessoas que com ela trabalharam (e que darão testemunho de qual foi a sua Rosa), durante a qual o professor Eugénio Lisboa traçará uma panorâmica da sua obra. Vai ser na Livraria Buchholz, em Lisboa, às 21:00 – e a ocasião será assinalada com algumas novas edições de livros seus.

Screen Shot 2017-03-14 at 16.03.46.png

 

8 comentários

Comentar post