Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

11
Set15

Ler e andar

Maria do Rosário Pedreira

Leio num blogue do Brasil a notícia de que na Roménia o incentivo à leitura é levado muito a sério e que se multiplicam acções para o concretizar, algumas delas francamente originais. É o caso da praticada numa determinada cidade universitária, na qual um estudante teve a ideia de propor ao presidente da Câmara, ao longo de meia dúzia de dias, o transporte público gratuito para quem se fizesse acompanhar de um livro. Era suposto que a obra fosse para ler durante a viagem – e o poder local aceitou-a, mesmo sabendo que muitos passageiros podiam carregar com eles livros já lidos ou que nem tencionavam ler. Mas, para aumentar o incentivo, o mesmo estudante criou o projecto Bookface, que implica que, no Facebook, todos os membros que ponham no perfil fotografias suas a ler (e mostrando com nitidez a capa do respectivo livro) ganhem descontos em livrarias. Não sei se por cá a coisa funcionaria, mas até podia ser giro vermos o que os nossos amigos facebookianos andam a ler e receber as suas sugestões de leitura através dos retratos.

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2