Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

15
Mar17

Menina e Moça

Maria do Rosário Pedreira

Conheço esta «menina e moça» quase desde que nasceu. Foi, aliás, o seu pai – o professor António Manuel Baptista, a quem estarei eternamente grata – que me meteu no mundo da edição no longínquo ano de 1987; mas nessa altura nenhum dos dois (nem ele, nem eu) fazia a mais pequena ideia de que a Cristina Ovídio, que era a mais nova dos seus quatro filhos, também acabaria por ir parar ao mundo dos livros. E depois de ser editora muitos anos na Oficina do Livro e também na editora Clube do Autor, com a qual continua a colaborar como freelancer, a Cristina resolveu abraçar um projecto belíssimo de fazer inveja a todo o amante da leitura e de espaços para ler descontraidamente e comprar livros. Trata-se da nova livraria Menina e Moça, que é também um bar muito simpático, e fica no Cais do Sodré, em Lisboa. Decorada com excelente gosto (o tecto é da autoria do grande ilustrador João Fazenda) e cheia de fotografias de escritores espalhadas pelas prateleiras, é o local ideal para os leitores lisboetas se abastecerem de material de leitura e se sentarem logo numa mesinha a bisbilhotar as primeiras páginas. A Menina e Moça está aberta entre o meio-dia e as duas da manhã e promete em breve uma programação cheia de actividades de promoção da leitura. Não perca a ocasião de a visitar!

medss.jpg

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.