Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

14
Jun16

O que faço eu aqui

Maria do Rosário Pedreira

O título deste post é – alguns devem lembrar-se – também o título de um livro do grande escritor-viajante Bruce Chatwin, publicado, se não me engano, postumamente, uma vez que Chatwin morreu muito jovem, antes de completar 50 anos. Mas é igualmente a pergunta que me ponho muitas vezes quando, atrás da minha secretária, tento passar a palavras a actividade a que me dedico e sinto que o trabalho é tão complexo e variado que não se explica a ninguém em meia dúzia de linhas quão importante pode ser na cadeia do livro a nossa intervenção (tal como a de muitos outros, claro – tradutores, revisores, etc.) para o resultado final. No entanto, encontrei recentemente um pequeno vídeo, Inside the Edit, que, através de imagens e pouquíssimas palavras, dá uma boa ideia (uma boa imagem também) de quais são as funções principais de um editor (podem ler a palavra com pronúncia inglesa, por favor) a todos os que queiram perceber um pouco melhor o que cá andamos a fazer. Claro que puxa talvez ligeiramente pelos galões dos editores (não somos milagreiros, nem temos de repetir sempre os mesmos procedimentos, tudo é diferente de livro para livro), mas serve muito bem para os Extraordinários se inteirarem do que faço eu aqui! Ora vejam.

 

https://vimeo.com/91965285

 

19 comentários

Comentar post