Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

05
Jun14

Porto-Lisboa

Maria do Rosário Pedreira

Hoje, enquanto os extraordinários leitores deste blogue estiverem a ler este meu post, eu estarei em viagem para o Porto, preparando-me para a primeira apresentação pública de Retrato de Rapaz, de Mário Cláudio, de que já aqui falei há cerca de duas semanas. O orador convidado é, desta feita, o brilhantíssimo Alexandre Quintanilha e, durante a sessão, que se realizará na Faculdade de Belas Artes da Invicta, será mostrado o único desenho de Leonardo da Vinci que existe em Portugal e é propriedade do museu daquela faculdade.

 

 

Amanhã, o lançamento será em Lisboa na Livraria Barata – e prevê-se outra bela apresentação pela escritora que não gosta de sol, mas adora a Grécia, Hélia Correia. A novela, um belo relato da relação entre Da Vinci e um seu discípulo ao longo de vinte e cinco anos, merece apresentadores como estes. E merece ser lida, evidentemente.

 

17 comentários

Comentar post