Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

18
Jan18

Ricos e pobres

Maria do Rosário Pedreira

Estamos sempre a ler que o fosso entre ricos e pobres está cada vez maior – e que oito ou nove pessoas no mundo têm o mesmo que todas as outras juntas. Uma situação terrível, claro, mas que tem bases muito antigas… Digo isto por causa de uma notícia deliciosa sobre a recente aquisição de uma lista de compras da rainha Carlota Joaquina, mulher de D. João VI, para o espólio do Palácio Nacional de Queluz. A lista de coisas a comprar em Paris para a família real (ao que parece orientada pela baronesa Ardisson, uma vez que os reis estão no Brasil por causa das Invasões Francesas) inclui roupa, calçado, jóias e acessórios de moda (meias, luvas, etc.) nos mais importantes retalhistas parisienses e tem… não se riam… 71 páginas! Só lenços de mão são para cima de 500, sem esquecer os milhentos leques em marfim, que no Brasil farão certamente falta à rainha para se abanar a toda a hora, dado o calor. Em 1816 – data da lista de compras – o fosso entre pobres e ricos, digo eu, também era grandinho… O rol manuscrito fazia parte de uma colecção privada inglesa e foi leiloado pela famosa Sotheby’s. Não faço ideia de quanto custou, mas talvez menos do que as compras de Carlota Joaquina…

14 comentários

Comentar post