Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

16
Mar15

Rota das Letras

Maria do Rosário Pedreira

Amanhã irei para Macau – é a minha primeira vez em território chinês – para participar num festival literário que dá pelo nome de Rota das Letras. Trata-se da sua 4.ª edição, que decorrerá de 19 a 29 de Março e terá como local o edifício do Antigo Tribunal. Fundado pelo jornal macaense Ponto Final em 2012, este festival é o primeiro grande encontro de literatos da China e dos Países de Expressão Portuguesa alguma vez organizado e trará à cidade mais de 30 convidados, entre escritores, editores, cineastas, artistas plásticos e músicos. Ali estarei com Ondjaki, por exemplo, com João Tordo, David Machado e Francisco José Viegas, mas também com o poeta e humorista brasileiro Gregório Duvivier, membro do colectivo Porta dos Fundos, cujo programa de TV creio estar neste momento a ser exibido no canal Fox, e ainda o cineasta João Botelho, cujo filme Os Maias será também exibido no festival. Vou como poeta, editora e escritora de livros infanto-juvenis (não pensem que estarei de férias) e, nesta última condição, irei fazer com o ilustrador João Fazenda uma sessão com crianças numa escola sobre o que é escrever e ilustrar um livro. A diferença horária é grande – e as viagens, como calculam, longuíssimas. Depois prometo contar tudo, mas, queridos Extraordinários, não vão poder contar com o blogue até segunda-feira que vem. O tempo não dá para tudo, perdoem. Espero que se divirtam por cá na minha ausência.

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2