Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

11
Jul16

Um estranho enigma

Maria do Rosário Pedreira

 

Nunca fui grande apologista de trabalhos de grupo e, embora tenha escrito mais de vinte livros a meias, penso sempre que o trabalho me rende mais se o fizer sozinha. E, no entanto, não pude resistir a um apelo que me fizeram recentemente do Centro Nacional de Cultura (Guilherme de Oliveira Martins nem precisou de ser demasiado insistente) para participar na escrita de um folhetim de Verão intitulado Um Estranho Enigma com mais nove escritores (e ilustrado pelo talentosíssimo Nuno Saraiva). Os autores são, além de mim, Afonso Cruz, Ana Margarida de Carvalho, António Carlos Cortez, Djaimilia Pereira de Almeida, José Jorge Letria, Luísa Costa Gomes, Manuel Alberto Valente, Nuno Júdice e Patrícia Portela – ou seja, uma paleta bastante variada de idades, estilos e universos. Um dos escritores começa (o público leitor não saberá até ao fim quem escreveu o quê) e, semanalmente, à sexta-feira, o texto é publicado no site do Centro Nacional de Cultura (e noutras páginas cujos links revelo no fim deste post). Este é um verdadeiro cadavre exquis, cuja publicação foi iniciada no primeiro dia deste mês, pelo que hoje, dia 11, já terá os dois primeiros capítulos para ler, se tiver vontade. Eu, que já lá fui espreitar, acho que vale mesmo a pena. O folhetim termina a 2 de Setembro, dia em que o enigma será, imagino eu, resolvido.

 

http://www.cnc.pt/artigo/3615

http://www.e-cultura.sapo.pt/artigo/21101

https://facebook.com/centronacionaldecultura/posts/1115721728449058

https://www.facebook.com/cnc.ecultura/posts/1024852284278213

3 comentários

Comentar post