Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

14
Jan15

Vende-se

Maria do Rosário Pedreira

Nos meus primeiros tempos de actividade no mundo da edição, trabalhei muito com autores de divulgação científica. Era o tempo dos sucessos televisivos de David Attenborough ou Carl Sagan – e livros como Cosmos tiveram um êxito estrondoso. Na colecção Ciência Aberta, foram publicadas muitas obras de autores de renome internacional e, por ocasião do respectivo lançamento, houve vários físicos, astrónomos, biólogos, etc., que se deslocaram a Portugal e contaram com numerosas audiências que hoje talvez já só existam para misérias televisivas como O Preço Certo. Certo é também que nessa época vi salas cheias no auditório do Instituto Franco-Português para ouvir Hubert Reeves ou Yves Coppens falar de estrelas e esqueletos ancestrais. O Instituto tinha então um animador científico muito dedicado e todos ganhávamos com o seu apoio. Com o tempo, a instituição perdeu peso (a França em geral também), mas, apesar de tudo, ainda eram feitos alguns lançamentos de obras de autores franceses e havia uma livraria francesa e uma mediateca interessante no edifício, além de aulas de língua. Pois sei que o Governo Francês vai fechar o Instituto Franco-Português e vender simplesmente o edifício (que já estava parcialmente alugado). A Alliance Française encontrará outro sítio para ministrar as aulas, a Livraria procurará um espaço de rua e a Mediateca simplesmente desaparecerá para todo o sempre. Uma pena, claro, não só para os franceses que vivem em Portugal, mas para todos nós que ali assistimos a festivais de cinema francês, a palestras, a peças de teatro, enfim, a um programa cultural de respeito. Existe uma petição contra o seu fecho e a transmissão de uma ínfima parte dos serviços para a embaixada no link abaixo. Eu assinei.

 

https://www.change.org/p/sauvonsifp?utm_campaign=responsive_friend_inviter_chat&utm_medium=facebook&utm_source=share_petition&recruiter=68497557

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/2