Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

03
Set12

Está aí alguém?

Maria do Rosário Pedreira

Depois de um mês inteiro de silêncio, é caso para perguntar se os leitores deste blogue não terão decidido mudar-se para outra casa… Por isso, hoje isto é uma espécie de chamada, embora sirva também para cumprir uma promessa feita há tempos de cada um (eu incluída) indicar no primeiro dia útil do mês o que anda a ler. Pois o livro que tenho agora em mãos é Adoecer, de Hélia Correia, mas já tive de o interromper duas vezes por causa do trabalho, razão pela qual só falarei mais detalhadamente sobre ele quando conseguir chegar ao fim. Hoje é só mesmo para levantar o dedo e dizer que as férias foram boas e vi, felizmente, muita gente a ler – mães e tudo, que são as que têm sempre os olhos nos miúdos e, por isso, quase nunca podem estender-se descansadas com o seu livrinho; claro que a maioria se ocupava com o best-seller pretensamente pornográfico As Cinquenta Sombras de Gray em várias línguas, mas também havia quem se dedicasse a biografias, ensaios e romances mais suculentos. Voltar ao trabalho e às leituras obrigatórias é que foi difícil, mas hei-de sobreviver. Se estiverem aí desse lado, vai ser, garanto, muito mais fácil. Obrigada por não se terem esquecido deste blogue.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.