Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

11
Fev13

Kamasutra para o S. Valentim

Maria do Rosário Pedreira

Somos peritos a importar tradições alheias – e quando vejo meninos e meninas disfarçados de fantasmas e bruxas no dia 31 de Outubro até fico de cabelos em pé (mas, claro, imagino que seja exactamente esse o objectivo do Halloween). O Dia dos Namorados é só mais uma destas importações, pois quando eu era adolescente não havia disso em Portugal; a primeira vez que me lembro de um namorado me oferecer um presente no dia 14 de Fevereiro já estávamos na década de 1990 e eu fiz uma figura triste porque, como não estava acostumada a celebrar o dia, ia de mãos a abanar... Porém, desde então os pares apaixonados gostam de trocar presentes pelo S. Valentim e, estando a data próxima, começam a aparecer nas homepages das livrarias virtuais destaques a romances xaroposos com capas tendencialmente em tons de rosa e lilás e títulos que incluem quase sempre a palavra «amor» e os seus derivados. No entanto, este ano a coisa promete ser mais picante por razões que todos conhecemos e têm que ver com o recente sucesso de As 50 Sombras de Grey. E, como é preciso usar de artimanhas para vender livros numa época de crescente pelintrice, encontrei um produto fascinante que dá pelo nome de Kamasutra de Grey. A capa, seja na imagem, nas cores ou no próprio tipo de letra, é mesmo chapada dos livros da senhora E. L. James, mas, ao contrário do que se poderia esperar, a editora não é a que publicou a trilogia. Isto é aquilo a que eu chamo «ir a reboque» – mas nem se pense que é caso único porque basta ver as montras das livrarias para logo sermos brindados com dezenas de capas em vários tons de cinzento, com algemas, sapatos de salto, ligas ou outros clichés eróticos, num todo homogéneo seguindo a moda Grey (ou gray, porque é tudo meio cinzentão). Nada contra. Mas, se o sexo é desejável entre namorados, espero que alguns não precisem desta cartilha e, a seguir, leiam um livro decente.

11 comentários

Comentar post

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D