Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

08
Set10

Traduzir o amor

Maria do Rosário Pedreira

Gosto de que pessoas em quem confio me aconselhem leituras e já aqui confidenciei que o meu romance de férias (um romance de peso, com mais de 500 páginas) me foi aconselhado por Ricardo Menéndez Salmón, autor de, entre outros, A Ofensa. Chama-se O Viajante do Século e assina-o um jovem argentino que dá pelo nome de Andrés Neuman. Costumo fugir dos romances extensos por pensar que, no mesmo tempo que preciso para um deles, posso despachar dois ou três. Mas, neste caso, não há arrependimento possível, pois trata-se de um dos melhores livros que li nos últimos tempos. De argentino, porém, não tem absolutamente nada; quando já tinha devorado cinquenta páginas, sentia-me a ler uma tradução de um autor checo ou alemão e, mais para a frente, nas cenas das tertúlias literárias (e não só), cheias de diálogos e pensamentos surpreendentemente ricos, pareceu-me até que podia estar metida num romance russo (mesmo que os russos tratem as mulheres de forma bastante diferente). Este viajante do século (Hans, um tradutor que trabalha enquanto viaja em pleno século XIX) chega a uma cidade donde, surpreendentemente, não consegue sair. Há várias razões que concorrem para essa impossibilidade, mas a mais tardia é a sua paixão arrebatadora por Sophie – uma personagem inesquecível que, tenho a certeza, faria as delícias de muitas feministas. A relação dos dois (carnal e literária) é dos episódios mais inventivos e poderosos que me passaram pelas mãos, pois os dois traduzem corpo e literatura ao mesmo tempo, sem nenhuma das actividades perder com a outra. Inteligente, culto e deslumbrante, este romance de grande fôlego é uma prova de que os jovens autores são capazes dos maiores feitos literários.

5 comentários

Comentar post

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D