Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

03
Jul24

O último Llosa

Maria do Rosário Pedreira

Raramente sabemos qual será o último romance de um autor, até porque nos dias que correm as pessoas têm vidas mais longas e grande parte delas ainda com boas cabeças, pelo que por vezes a morte surpreende-as a meio de um  projecto. Contudo, tal como alguns artistas se despedem do palco numa cerimónia planeada, também há escritores que avisam que, depois de um certo romance, não escreverão mais nenhum. Foi o caso de Mario Vargas Llosa, o peruano vencedor do Nobel da Literatura, que se deixou de ficções e declarou que Dedico-lhe o Meu Silêncio (cuja tradução portuguesa sai para as livrarias amanhã) é mesmo o seu último romance, já que agora quer escrever um ensaio sobre Jean-Paul Sartre, o filósofo que foi um mestre para ele durante a juventude. Resta-nos, pois, ler esta derradeira ficção dedicada à música crioula, contada alternadamente por duas vozes e com uma personagem surripiada das Travessuras de Uma Menina Má. Até porque não vai haver mais...

Também não haverá mais blogue até dia 15 de Julho, pois amanhã vou de férias, esperando que o clima não me traia e possa ler muitos livrinhos à beira-mar. Até lá, façam o mesmo: leiam.

02
Jul24

Bolsa em Madrid

Maria do Rosário Pedreira

Tem algum projecto na gaveta que gostaria de desenvolver? Um mês a trabalhar longe do ambiente habitual e da rotina ajudaria? Estar sem trabalhar um tempo, mas ter a garantia de que isso não implica passar fome é mesmo aquilo de que precisava? Pois bem: a nossa Embaixada em Madrid, conduzida pela excelente Conselheira Cultural Patrícia Severino (que já antes desenvolveu um trabalho semelhante em Berlim), tem uma residência literária para oferecer a um(a) escritor(a) que apresente uma boa candidatura. Se acha que o seu projecto literário tem pés para andar, esta pode ser uma boa oportunidade. Deixe-se tentar! As informações estão todas aqui em baixo e o prazo para se candidatar vai até meados deste mês.

IV Bolsa de Residência Literária em Madrid – Cultura Portugal España (culturaportugal-espana.es)

01
Jul24

O que ando a ler

Maria do Rosário Pedreira

Por ocasião da entrega do Prémio LeYa 2023 a Victor Vidal, autor de Não Há Pássaros Aqui, no próximo dia 3, será organizada na residência do Embaixador do Brasil uma conversa entre o vencedor e outro autor brasileiro premiado e moderada pelo jornalista e escritor João Gabriel de Lima, que conheci por ter sido finalista do Prémio Saramago com o belíssimo O Burlador de Sevilha no mesmo ano que José Luís Peixoto o venceria com Nenhum Olhar. É de Stênio Gardel que leio A Palavra Que Resta, vencedor do National Award nos EUA na categoria de livros traduzidos, até para poder acompanhar a conversa a cem por cento, e enquanto estou sempre a pensar como é que a tradutora deu conta do recado, pois a linguagem é poética e terna, mas muito típica de uma camada rural brasileira, obrigando, até para os portugueses, a algumas notas de rodapé. Dois rapazes apaixonam-se, mas o meio onde vivem é hostil e bruto, e os pais, quando sabem, além da tareia da praxe, proibem-nos de se voltarem a ver. Percebemos então que na família de um deles, na geração anterior, houve uma história feia que começou do mesmo modo mas acabou em morte. Mesmo assim, Raimundo não quer deixar de se encontrar com Cícero, ainda que para isso tenham de fugir dali; mas de Cícero recebe apenas uma carta, a palavra que resta? Só que Raimundo não sabe ler, e a carta é, porém, demasiado pessoal para se poder mostrar... Num pequenino romance com ecos do Grande Sertão: Veredas, embora, claro, menos ambicioso, muita ternura e também muita dureza numa história que ainda não sei como acabará, mas recomendo pela sua prosa bonita e pelo início com a professora Ana, que não vou contar.

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D