Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

23
Mar22

A ama que ama demais

Maria do Rosário Pedreira

Quando leio determinado autor que não conheço, costumo começar pelo primeiro livro, sobretudo se se trata de obra premiada e aplaudida. Não foi, porém, isso que me aconteceu com Leila Slimani, escritora francófona nascida em Marrocos, vencedora do Goncourt com o seu romance de estreia. Iniciei-me com O País dos Outros, de que devo aqui ter falado na altura; e só agora li Canção Doce, vendido e traduzido já em muitos países, e  com várias edições em Portugal. A autora, linda, inteligente e cheia de energia, esteve no Festival Literário de Óbidos recentemente e gostei muito de a ouvir trocar conversa com Juan Gabriel Vásquez, outro excelente autor, mas colombiano. Canção Doce é um livro palpitante. É a  construção irrepreensível de uma personagem, Louise, uma ama que vai para casa de um jovem casal com dois filhos pequenos, um deles ainda bebé, quando Myriam, a mãe das crianças, se sente frustrada depois de tanto tempo em casa e quer voltar a trabalhar. Contudo, esta ama de ouro, que, além de tomar conta das crianças, limpa, cozinha, arruma, compra, ensina, vai de férias com a família..., torna-se tão obsessivamente dependente desse emprego que, quando Adam, o menino mais pequeno, começa a aproximar-se da idade de ir para a escola, entra em pânico ao pensar que a poderão dispensar, uma vez que não existe mais nada além do trabalho na sua vida. E então... Leiam o livro, brilhante, todo ele carne e osso, nervo e humanidade. A não perder.

3 comentários

Comentar post

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D