Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

12
Abr19

Crónica e efemérides

Maria do Rosário Pedreira

Hoje é dia de crónica e tem que ver com a nossa amada língua. Aqui vai o link:

 

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/30-mar-2019/interior/lingua-madrasta-10734386.html

 

Este é um ano literariamente especial: não só é o centenário do nascimento de dois poetas portugueses espectaculares (Sophia de Mello Breyner Andresen e Jorge de Sena, que de resto foram amigos e correspondentes), mas também o 50º aniversário de Mário Cláudio como escritor e o 40º aniversário da vida literária de Lobo Antunes (são de 1979 os romances Memória de Elefante e Os Cus de Judas), Alice Vieira e António Mota. E, internacionalmente, vamos ter uma raridade: dois Prémios Nobel da Literatura no mesmo ano! Não há ano como este.

 

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 12.04.2019

    " eles têm a sua própria linguagem, cada vez mais pobre, como sabemos." Será mesmo cada vez mais pobre? Tenho muitas dúvidas porque hoje utilizam-se palavras que no tempo da minha juventude não existiam.
  • Sem imagem de perfil

    ASeve 12.04.2019

    Sem dúvida, por exemplo, bué, fixe, ó mano, bué de fixe, tax a ver ó meu, ya man, e muitas muitas mais duma riqueza imensa...
  • Sem imagem de perfil

    António Luiz Pacheco 12.04.2019

    Bué … é africanismo, é umbundu!
    Muitas palavras que os jovens de hoje usam (e já no meu tempo, sejamos claros…) não são novas coisíssima nenhuma, são meras expressões usadas pelos africanos e recriadas por eles, mas que podem ser encontradas em Agualusa, Mia Couto, Pepetela, Ondjaki … só que os jovens não as leram nestes autores, infelizmente, ouviram-nas nos transportes públicos ou na discoteca, no café, na rua… e repetem-nas porque acham fixes.
    Palavras novas, criadas, não as usam e duvido que tenham imaginação para isso, sou franco. Trocar que por K ou porque por pk e por aí fora, é como usar cx por caixa, ou tab por tabuleiro, pal por palete, cvt por couvette… qualquer ficheiro-mor de artigos de um supermercado ou uma folha de pedidos faz isso… é a umc (unidade medida de compra).


  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    A autora

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D