Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

25
Jan19

Crónica e enciclopédia

Maria do Rosário Pedreira

Hoje é dia de partilhar a crónica de sábado passado:

 

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/19-jan-2019/interior/adeus-futuro-o-outro-e-o-mesmo-10452812.html

 

Uma excelente notícia: foram precisos mais de seis anos para um trabalho de conservação e colaboração sem precedentes, mas a Encyclopédie (a que deu o nome às outras, a famosa e precursora enciclopédia publicada no século XVIII por Diderot, D’Alembert e Jaucourt, está finalmente disponível online no site da Academia das Ciências Francesas, enriquecida – ainda por cima – com um aparato crítico inédito. Para quem goste de meter o nariz nas chamadas obras de referência, é uma felicidade!

 

Encyclopedie_de_D'Alembert_et_Diderot_-_Premiere_P

 

P. S. Outra boa notícia: a minha querida fadista Aldina Duarte canta hoje à noite na Fundação Calouste Gulbenkian!

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Fernando Costa 25.01.2019

    Caro morador da Cidade Morena

    Presumo que a MRP terá querido apontar este sítio:
    http://www.academie-sciences.fr/fr/Ceremonies/lancement-enccre.html
    e este
    http://enccre.academie-sciences.fr/encyclopedie/
    Como a nossa Anfitriã se limitou a apontar "on line" no "site da...", acho que devo apontar este caminho, se melhor atalho não houver.

    Sobre a última parte do seu sempre avisado comentário - mesmo lá longe, é como se estivesse no Bairro Ribatejano - recomendo esta leitura, naturalmente fazendo publicidade ao que eu disse sobre o mesmo:
    http://altas-cavalarias.blogspot.com/2019/01/qual-diferenca-entre-bosta-e-besta.html

    Saudações do Planalto da Nave
  • Sem imagem de perfil

    António Luiz Pacheco 25.01.2019

    Não podia estar mais de acordo consigo, sobretudo na sua contenção no comentário que faz, ou o seu decoro… não confundir com "de cor".
    Sabe, ainda hoje ao almoço em casa de amigos, onde estavam negros, mulatos e eu (branco por fora), se dizia que sendo o português reconhecidamente racista a ponto de ter exclamações como "preto do car…", também se sabe da sua tendência para acamaradar, misturar, casar, privar e integrar com todas as raças e mais algumas! E davam o exemplo de espanhóis, americanos, franceses e ingleses que trabalham nas obras da refinaria do Lobito, que vivem fechados entre si e não se dão com mais ninguém, nem uns com os outros, fora das suas nacionalidades!
    O "tuga" como dizem, ao fim de uma semana vive no bairro, já conhece a história toda do vizinho do lado que veio fugido da guerra lá do planalto e ajuda a avó velhota, que trata por "avozinha" a levar o galão da água; "chupa" umas cervejas com o vizinho da frente e contam anedotas; anda a namorar a vizinha do outro lado e manda vir um medicamento pelo colega para tratar o filho dela… mas disso ninguém fala, porque não interessa aos "fins políticos gerais" (cito D. Camilo, de Giovanni Guareschi) .

    E já que falamos em livros bons, recordo sobre o racismo os extraordinários:
    - "Exterminem todas as bestas" de Steven Lindkvist (não tenho a certeza de estar a escrever bem), e os incontornáveis "Coração das trevas" de Conrad , mais "O sonho do Celta" de Mario Vargas Llosa.

    Não ao racismo de qualquer cor!

    Um abraço moreno… bom, isto metaforicamente falando, porque presumo ir praiar no fim de semana e já deverei apresentar outra côr na Segunda-feira, quando voltarmos aqui!
  • Sem imagem de perfil

    Fernando Costa 25.01.2019

    Pacheco
    Tenho de confidenciar que o último parágrafo me causa inveja... da boa, claro está.
    Um bom fim-de-semana e um
    Abraço de longe
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    A autora

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D