Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    António Luiz Pacheco 19.06.2019

    Boa Tarde:
    Sabe, pensando bem naquilo que questiona, sinceramente me parece que sim!
    Porque a maneira de ver e até de descrever, me parece a mim que varia com o sexo do autor. Também os temas que são tratados me parece que dependem disso, em muitos casos se bem que já não seja assim tão garantido.
    Acho que na maioria dos casos se consegue vislumbrar, numa leitura cega, se o autor é ele ou ela, sobretudo em romances, claro, que no ensaio ou outro tipo de obra já não me parece que seja assim. O Manual de Sanidade de Ovinos, escrito por uma veterinária ou por um veterinário, é igual!
    E acho que isso é perfeitamente natural, não creio que seja estigma por um lado e nem impeditivo por outro, mas ainda bem que há diferenças… um Mundo andrógino ou assexuado será uma coisa insonsa e monótona, sem graça nem atractivo. Felizmente já não será no meu tempo, ou teria mesmo que dizer "adeus futuro" eheheh! Bom o meu futuro já vai curto…

    Saudações literáriamente diferenciadas, cá da Cidade Morena!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.