Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Cândida 19.06.2019

    Mas para mim também me é indiferente se é um homem ou uma mulher a escrever; gosto é que esteja bem escrito; a minha questão não era sobre se gostam mais de ler textos escritos por homens ou se por mulheres!
  • Sem imagem de perfil

    Fernando Costa 19.06.2019

    Cândida
    Eu percebi a sua questão, bem como o livro que referiu da Isabel Allegro. Há até um estudo sobre o título dela, que invoca, escrito precisamente por duas mulheres (um ensaio), Maria Irene Ramalho de Sousa Santos e Ana Luísa Amaral, intitulado "Sobre a Escrita Feminina", publicado pelo Centro de Estudos Sociais em 1997.
    Feitas as pesquisas no lugar certo, eis o link para quem se interesse:
    https://estudogeral.uc.pt/bitstream/10316/10987/1/Sobre%20a%20%27Escrita%20Feminina%27.pdf

    Nesse estudo, as autoras rebuscam em Mary Jacobus estas duas perspectivas, que aqui também reproduzo:
    -Há uma mulher neste texto?
    ou
    - Há um texto nesta mulher?

    Desejo para si um bom feriado e, se for o caso, umas boas mini-férias, com boas leituras.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.