Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

31
Jan17

Em Belém

Maria do Rosário Pedreira

Isabel Alçada – ex-ministra da Educação, escritora e fundadora do Plano Nacional de Leitura (PNL) – trabalha agora com o Presidente da República na área da Educação e montou, para alegria de Marcelo (que sempre gostou de livros), um programa que junta leitores e autores no Palácio de Belém uma vez por semana. À terça-feira, dois grupos de alunos de vários níveis de ensino de mais de 250 escolas públicas vão ter, assim, oportunidade de visitar a casa oficial do Presidente e falar com um determinado escritor (mais de 60 foram convidados) sobre a respectiva obra. (O escritor que tem, naturalmente, livros no PNL, ou seja, cuja leitura é já aconselhada). Os autores variam muito e podem produzir obra infantil – como António Torrado ou Alice Vieira, por exemplo – ou para adultos – como Afonso Cruz ou Valter Hugo Mãe – até porque, entre os estudantes que compõem as turmas do Secundário, já haverá quem leia como gente grande. E é suposto – em qualquer que seja o grau de ensino – os professores trabalharem na escola com os seus alunos os livros dos escritores com quem se encontrarão em Belém, para que as sessões sejam mais interessantes e os próprios escritores esclareçam dúvidas e matem a curiosidade aos seus interlocutores. De caminho, já se sabe, há sempre a possibilidade de tirar uma selfie com o Presidente.

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    António Luiz Pacheco 31.01.2017

    Extraordinário Anónimo :
    - Na minha opinião de mera traça dos livros, o problema não está em Valter Hugo Mãe! Nem em nenhum escritor, que podem e devem usar a linguagem, os termos, o calão, o vernáculo, as obscenidades que entendam e que componham o personagem. Sem qualquer margem de dúvida, e, se alguém se chocar paciência ... não leia aquele autor.
    O problema está sim na escolha ser ou não ser adequada à faixa etária dos estudantes. Creio que a linguagem crua usada pelo autor deve ser reservada a leitores / alunos com outra capacidade de perceberem porque é usada e sobretudo serem esclarecidos para entender que assim falam algumas pessoas e nalguns meios.

    Enfim, não é censurar mas sim ajuizar e adequar a leitura aos que já tenham capacidade para a entender.

    Abraço cá da Cidade Morena
  • Sem imagem de perfil

    Aseve 31.01.2017

    Ó Pacheco já agora podiam substituir o livro da 1° classe por aquele da mãe que fala nos modos de actuação da paneleiragem...e muitos outros ensinamentos...de pequenino é que se torce o pepino.
  • Sem imagem de perfil

    António Luiz Pacheco 01.02.2017

    Hum... penso que não, ó Severino! Não é disso que se trata, e sim, repito de adequar a leitura ao leitor, e isso que dizes seria certamente impróprio e nada pedagógico e nem aos nossos ilustríssimos ministros da dita educação (será que tivemos algum que fosse ou soubesse algo de pedagogia e do assunto?) ocorreria tamanho dislate.
    O PNL recomenda livros aos estudantes, mas dividindo-os por anos e idades, evidentemente. O livro do V.H. Mãe ao que percebi foi um lapso qualquer, assim qualquer coisa como tu ires mexer (apesar de proibido) na mesinha de cabeceira do teu pai e achares lá uma caixa de preservativos e um pistola... o que te valeria se fosses descoberto uma valente surra!
    Eheheh!
    Abraço cá de Benguela
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    A autora

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D