Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

17
Abr19

Galveias

Maria do Rosário Pedreira

O romance Galveias, de José Luís Peixoto, de que já aqui falei quando saiu e de que gostei mesmo muito, venceu o maior prémio de tradução do Japão, depois de ter sido nomeado como um dos cinco finalistas, ao lado de obras de Wu Ming-yi, William Gaddis, Han Kang e Richard Flanagan. A tradutora, Maho Okazaki Kinoshita, que esteve em Galveias e foi fotografada com algumas das pessoas que lá moram (quiçá algumas delas personagens do livro que traduziu), está de parabéns – ela que, segundo li, nunca pensou ser alguma vez nomeada para um prémio desta importância e estava receosa de, na sua língua, não ter conseguido plasmar a diversidade e riqueza das figuras e do mundo criados por José Luís Peixoto. A cerimónia de entrega decorre a 27 deste mês em Tóquio. Galveias é o primeiro livro português a receber esta distinção e, desde que saiu em japonês, em Agosto de 2018, pela prestigiada editora Sinchosha, esteve no Top de vendas da mais prestigiada livraria japonesa entre muitas obras traduzidas. Parabéns também ao autor, que escreveu um romance profundamente original que conseguiu atravessar as fronteiras e transformar-se num texto igualmente belo nesta língua tão diferente da nossa.

6 comentários

  • E quem é o autor?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 17.04.2019

    Boa noite. Se, acaso, lhe interessar, posso oferecer-lhe um exemplar do romance (ainda tenho uma meia dúzia mal contada) sem quaisquer contrapartidas. Como vários Extraordinários podem comprovar. (Só uma vez, muitos anos atrás, pedi uma coisita insignificante a um leitor entusiasmado e logo me arrependi.)
    José Cipriano Catarino
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 18.04.2019

    Muitos anos atrás... ai, escrevinhadores.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 18.04.2019

    Adoro a superioridade intelectual dos donos da língua! Só precisam de a conhecer um pouco melhor...
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 19.04.2019

    Também adoro as respostas cheias de nada...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    A autora

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D