Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

27
Abr18

Juntar os vencedores

Maria do Rosário Pedreira

Se entende inglês e pode ir a Londres passar um fim-de-semana grande, escolha, por favor, o período que vai de 6 a 8 de Julho e opte por um hotel, pensão, albergue (o que seja), que fique perto do Southbank Centre. É que é justamente lá e nessas datas que vai ocorrer um festival que reunirá muitos dos vencedores do Man Booker Prize dos últimos quinze anos! Imaginem o que será poder em três dias apenas ouvir Hilary Mantel e Salman Rushdie, Julian Barnes, Peter Carey, Alan Hollinghurst e David Grossman, Deborah Levy e, claro, a mais recente estrela, Paul Beatty! E ainda ver a raríssima aparição de mãe e filha juntas – falo, evidentemente, de Anita e Kiran Desai, duas gerações a ganharem o mesmo prémio. Vai ser preciso comprar as entradas muito antes, que há montes de gente interessada, e é bem possível que os bilhetes para estas sessões custem mais do que o bilhete de avião numa Low Cost; mas poupe-se para estas coisas, que fazem tão bem à alma! O evento culminará com a votação da melhor obra de ficção galardoada com o Booker dos últimos quinze anos (Os Filhos da Meia-Noite já ganharam este prémio no passado) e, de hoje a exactamente um mês, conheceremos os cinco finalistas e podemos ficar a torcer por um deles. O Man Booker Prize faz 50 anos e celebra-os da melhor maneira possível.

2 comentários

Comentar post