Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

27
Fev18

Notícias da Folha

Maria do Rosário Pedreira

Leio num jornal sobre outro jornal da mesma língua, embora não do mesmo país. Falo do simpático Folha de S. Paulo, talvez o mais interessante dos jornais brasileiros de grande tiragem e com uma parte cultural de qualidade respeitável. Pois bem: este jornal fez recentemente um comunicado, explicando que deixará em breve de partilhar notícias no Facebook. Estranho, não é? Bem vistas as coisas, nem tanto: ao que parece, aquela rede social resolveu há pouco tempo alterar determinado algoritmo (ou «o» algoritmo) e, desde o início do ano, passou a dar prioridade às publicações de «amigos» em detrimento dos conteúdos ditos noticiosos provindos de agências e jornais profissionais. Entendendo que essa opção favorece claramente a propagação de notícias falsas (estamos todos fartos de saber que os «amigos» muitas vezes acreditam na primeira coisa que lêem aos «amigos» e toca de espalhar notícias não confirmadas, a que acrescentam a própria indignação, emoção que parece um íman e atrai todo o tipo de parvos), a Folha de S. Paulo prefere retirar-se simplesmente da rede social; para mim é pena, pois gostava de os ler quando, por acaso, dava com eles no meu mural. Mas aceito a decisão e fico de olhos ainda mais abertos para perceber até onde o Facebook deseja que nos leve o seu algoritmo...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.