Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

02
Mai18

O que ando a ler

Maria do Rosário Pedreira

Ando a ler várias coisas ao mesmo tempo, por imperativos profissionais e gosto pessoal, mas hoje interessa-me falar de Varanda de Inverno, um belíssimo livro de poesia da autoria de Marta Chaves – um livro mesmo, feito todo com o mesmo tecido de palavras e coerente nos seus pressupostos e intenções. Já sei que não ligam muito à poesia aqui no blogue, mas atentem na história que a autora contou no lançamento: disse ter renascido aos 15 anos quando teve, na Escola Secundária, as primeiras aulas de Filosofia com uma determinada professora e que, muito provavelmente, essa professora (então bastante jovem) não tivera certamente a noção da sua influência e da sua importância no futuro desta aluna (que é hoje psicóloga, além de poeta). Passados tantos anos, Marta Chaves perdera o rasto da docente, como é natural; mas agora, que ia publicar esta sua «varanda para a vida» numa editora de peso (a Assírio & Alvim), achou que devia confidenciar à professora a sua quota de responsabilidade em todo o processo e andou doida à procura dela até que a localizou numa determinada escola, lhe ligou e a convidou para o lançamento. E a professora lá estava, a ouvir Marta Chaves com a graça muito particular que imprime ao seu discurso oral, dizer como tinha sido aquela paixão assolapada aos quinze anos e a agradecer o seu renascimento. Foi, sobretudo por isso, mas também pelos outros discursos, uma sessão muitíssimo interessante, mas irrepetível. O livro, porém, está aí para ser lido. Arrisco-me a dizer que vão gostar.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 02.05.2018

    Esse do Aquilino já li. Tenho quase todos os romances e novelas dele. É um cultor da língua portuguesa a que regresso sempre a par do Eça e do Camilo, quando não tenho mais nada de interessante para ler.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    A autora

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D