Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

24
Mai18

Obra de peso

Maria do Rosário Pedreira

No Dia do Autor falei-vos da entrega do Prémio José  Mariano Gago pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) a uma obra de divulgação científica. Tenho especial predilecção por esta área de edição talvez porque foi numa editora que se dedicava sobretudo a este género que comecei a minha carreira editorial e foi também por causa disso que conheci Mariano Gago. O júri do prémio era constituído este ano pelos professores Elvira Fortunato, Miguel Lopes  e Rui Vieira Nery, e a obra que quiseram distinguir é coisa de peso: trata-se de Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa e tem nada mais nada menos do que 30 volumes! Os seus coordenadores são Carlos Fiolhais e José Eduardo Franco, duas sumidades do nosso país, e o projecto teve o apoio da Biblioteca Nacional e da Fundação Calouste Gulbenkian e foi publicado «sob a égide» (as palavras são da SPA) da Universidade de Coimbra e da Universidade Aberta. Os 30 volumes agora premiados incluem obras significativas de uma série de disciplinas, desde a medicina, a física ou a química ao direito, à arquitectura e até à música. Trabalho monumental que merece o nosso aplauso e, naturalmente, honrará a memória de Mariano Gago.

8 comentários

Comentar post