Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

23
Jan19

Outra noite diferente

Maria do Rosário Pedreira

Ontem falei aqui do que é dormir (ou passar a noite acordado a ler) num quarto de hotel parisiense que é ao mesmo tempo uma biblioteca. Seria uma noite diferente, claro, mas as noites podem ser diferentes por variadíssimas razões (e, juro, não estou sequer a falar de sexo). Tenho sentido, sobretudo na minha vida profissional, que hoje se vive muito para o imediato e que se despreza, mesmo que involuntariamente, o médio e longo prazo. À excepção das ciências, que trabalham a pensar no futuro, as outras áreas do conhecimento andam sem ideias – e foi com alegria que vi anunciada uma “noite das ideias” no dia 31 de Janeiro, das 19h00 às 24h00 (data única mundial para um evento que, julgo, partiu da França, no qual é suposto que as pessoas se possam reunir com a finalidade de interagir, aprender e conversar sobre as suas ideias e a forma de as pôr em prática). Cá em Lisboa, vai ser na Fundação Calouste Gulbenkian e serão, creio eu, bem-vindos os contributos de todos. Não vou estar cá nessa altura (convidaram-me para ir a Cartagena das Índias, na Colômbia, ao Hay Festival), por isso, falo disto com a antecedência necessária para que todos fiquem atentos e participem. Haja ideias.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Fernando Costa 23.01.2019

    Peço desculpa pelo abuso, mas regresso para remendar um vocábulo: onde se lê alguns chatos literários deve ler-se algum chato literato. Não é só pela rima, mas porque o que é literário não é chato, dependendo do género, ao contrário de alguns literatos.
    Apraz-me saber que há dois Extraordinários a voarem por estes dias: o Pacheco e a Rosário,pelo que lhes desejo uma boa viagem de leituras aprazíveis.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    A autora

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D