Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

04
Jun18

Somos Douro

Maria do Rosário Pedreira

No dia 1 começou o festival Somos Douro, que se estenderá até ao dia 17 deste mês e, dedicando-se especialmente aos jovens da região, abarca nada  mais nada menos de 19 municípios! Tem como comissária Anabela Mota Ribeiro e pretende envolver as comunidades locais nas actividades multidisciplinares que vão desenvolver-se e que, tomando como ponto de partida os binómios «ser/pertencer», «aprender/fazer», «descobrir/partilhar», contemplarão a relação dos intervenientes com o património (incluindo o Douro Vinhateiro que, não por acaso, tem o selo da UNESCO há dezasseis anos). Aproximar-se-ão lugares e estratégias, colocando um autocarro ao dispor dos interessados e fazendo com que os artistas visitantes trabalhem com os da geografia duriense (Camané, por exemplo, abriu o festival cantando com a Orquestra de Cordas de Vila Real em Lamego). Não faltarão escritores, evidentemente: depois de Pedro Mexia, Leonor Baldaque e Bernardo Pinto de Almeida (que participaram em conversas no fim-de-semana), hoje Ana Margarida de Carvalho estará em Santa Marta de Penaguião onde viverá por uma semana e fará uma oficina de escrita dirigida àqueles que gostam de escrever (mas estarão presentes muitos mais autores, entre eles o americano mais português que conheço: Richard Zimler). Até dia 17 o programa é intenso, dividindo-se por muitas áreas do conhecimento (a cientista Maria Manuel Mota, Prémio Pessoa, intervirá dia 7, e a historiadora Irene Pimentel no dia 13). Todas as actividades são gratuitas, e quem se queixa das coisas centralizadas, tem aqui uma boa oportunidade de ver que nem sempre é assim e de ir dar um pulinho ao Douro, além do mais, para encher o olho de paisagem.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Richard Zimler 06.06.2018

    Dear Anónimo, Tenho a nacionalidade portuguesa desde 2002. Aliás, tenho dupla nacionalidade. Como qualquer cidadão, tenho o direito (e, da minha perspectiva, a obrigação!) de falar de situações de injustiça. Vou continuar. E vou continuar a falar de situações de injustiça nos EUA, na França, no Brasil e em todos os outros países do mundo. Outra coisa: o meu apelido é Zimler (um só M). Quanto ao meu país de origem, se desejar saber o que penso da situação actual política, pode ir a este link: https://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/convidados/interior/donald-trump-e-o-embrutecimento-da-america-5261806.html
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    A autora

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D