Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Horas Extraordinárias

As horas que passamos a ler.

16
Fev21

Transparente ou opaca?

Maria do Rosário Pedreira

No jornal Público do passado domingo li um artigo bem interessante de Sílvia Lapa, terapeuta da fala e técnica especial de reabilitação e eduacção especial, sobre a maior ou menor ocorrência de erros de ortografia nos primeiros anos de aprendizagem da leitura e da escrita. A questão tem que ver com um conceito que não conhecia e que toma os vocábulos «transparente» e «opaco» para definir as línguas. Se um idioma tem uma escrita que pouco espelha a oralidade (o inglês, por exemplo, em que um i, um ch ou um gh podem ser lidos de várias maneiras), diz-se que é opaco, e é mais natural que as crianças dêem erros nessas línguas ou, pelo menos, demorem bastante mais tempo a apreender a grafia correcta das palavras. Se, por outro lado, a oralidade anda a par da escrita (como acontece com o finlandês, em que a grafia reflecte mais exactamente o fonema), então estamos diante de uma língua dita transparente. O português, ao que parece, é uma língua de opacidade média (i e p só têm um som, mas o x pode soar de imensas maneiras, como é visível em palavras como exigir (z), enxame (ch), fluxo (cs) ou máximo (ss), 4 sons distintos!). 85% das crianças espanholas (outra língua mais transparente) lêem com precisão no final do primeiro ano de escolaridade, enquanto só 50% das inglesas são capazes do mesmo. Numa língua cheia de excepções como a nossa, não faço ideia de quanto tempo levam as nossas crianças a ler com precisão. Mas lá que os adultos ainda dão erros, basta ver o Facebook...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D